Obrigada!

Só é possível cuidar de pessoas se ouvirmos o que nos dizem. E, como habitual, fomos à procura das respostas às nossas perguntas. 

A nossa principal questão é "recomendaria o Abrigo a familiares e amigos?" e "Sim" foi a resposta de 100% dos utentes. No SAD, ainda obtivemos maior reforço do grau de satisfação quando a totalidade  dos inquiridos respondeu afirmativamente à questão "voltaria a recorrer ao Abrigo para solicitar o serviço de apoio domiciliário?".

Apenas uma última nota para dizer que as sugestões que recebemos estão a ser incorporadas no planeamento e as palavras gentis divulgadas às equipas de trabalho.

Reforçamos o desejo de continuar a fazer melhor quando sentimos que as pessoas de quem cuidamos nos ajudam a cuidar melhor.

O nosso sincero agradecimento.
Muito obrigada!

Em conformidade com as disposições legais aplicáveis e os estatutos da associação, convoco todos os sócios para se reunirem em Assembleia Geral, que terá lugar na sede da associação, sita na rua da estação 541 4520-618 São João de Vêr, pelas 20h30m do dia 16 de Abril de 2018 com a seguinte ordem de trabalhos: 

  1. Informações da Direção;
  2. Leitura do parecer do conselho fiscal sobre o relatório e contas do ano de 2017;
  3. Apreciação e votação do relatório e contas do ano 2017;
  4. Outros assuntos de interesse para a associação. 

Se à hora indicada não houver quórum, a Assembleia terá inicio 30 minutos depois no mesmo local, com qualquer número de sócios e a mesma ordem de trabalhos. 

São João de Vêr, 23 de Março de 2018
O Presidente da Assembleia Geral
Eng.º José Fernandes de Oliveira

Para consultar os documentos em discussão na assembleia, Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

agostinho roseta

Apreciada a candidatura do Abrigo ao prémio Agostinho Roseta, com o projeto “Cuidar de pessoas Idosas em Humanitude”, venho por este meio informar V. Exa. que o Júri do Prémio, considerou este projeto o que reunia mais condições para a atribuição do Prémio na categoria de Boas Práticas referente à 9ª edição.

O Prémio Agostinho Roseta é um testemunho de apreço e uma forma pública e solene de homenagear as pessoas singulares e coletivas que, em cada ano, mais se tenham distinguido na implementação e difusão de boas práticas em domínios relevantes para a melhoria e dignificação do trabalho, e das condições em que é prestado, e para o incremento do diálogo social, ou na realização de estudos e trabalhos de investigação sobre estas matérias. Com a candidatura “Cuidar de pessoas idosas em Humanitude”, O Abrigo demonstrou o impacto da implementação da filosofia Humanitude e da metodologia Gineste-Marescotti nos profissionais que cuidam. Este impacto traduz-se em benefícios nas relações laborais e na melhoria da dignificação das condições em que o trabalho é prestado.

A atribuição deste prémio é motivo de grande orgulho. Este reconhecimento público traz-nos alento para continuar a reforçar os princípios da Humanitude enquanto ferramenta que permite não só a melhoria da prestação dos cuidados, mas também o desenvolvimento das competências profissionais, relacionais e pessoais necessárias ao desempenho de excelência dos cuidadores.E porque os prémios são feitos de pessoas, muito, muito obrigada:

ao Instituto Gineste-Marescotti Portugal que, indiscutivelmente transformou a forma como cuidamos de pessoas;
à equipa de trabalho do Abrigo que diariamente dá o seu melhor;
à Direção do Abrigo que acreditou ser possível fazer melhor e fazer diferente.

E porque há mensagens que nos deixam mesmo felizes, aqui fica o registo: “A vossa equipa está de parabéns… pela VIDA, por CUIDAR COM O CORAÇÃO. Não há melhor perfume… Um abraço”

 

Jornal da Uma da TVI

Recebemos a visita de uma equipa de reportagem da TVI. Não porque tenha acontecido nada de errado mas, porque se queria noticiar uma coisa boa, muito boa aliás. "Vida nos lares de idosos pode ser melhor" é o título da reportagem sobre o Porto de Abrigo.

Estamos para lá de contentes por vários motivos. Em primeiro lugar porque a Via Hominis, cooperativa que representa a Humanitude em Portugal, fez-nos o convite para sermos o exemplo de uma unidade de vida, o exemplo do que cuidar em humanitude representa. Em segundo lugar, porque conseguimos demonstrar na prática ao jornalista Francisco David Ferreira como se vive no Porto de Abrigo. E por último, a reação das pessoas que viram a reportagem foi muito positiva o que nos encheu de orgulho.

São 2 minutos preciosos:

da satisfação

A opinião das pessoas que recebem os nossos serviços é fundamental para o crescimento do Abrigo.

Queremos ser a primeira escolha das famílias e, por isso, procuramos diariamente fazer o nosso melhor. Para saber se conseguimos ir de encontro às expectativas das pessoas a quem prestamos serviços, fizemos a avaliação da sua satisfação. Dos 159 questionários que entregámos, recebemos 72% de respostas. Os resultados globais da avaliação da satisfação de utentes por resposta social são os seguintes:

 

Além destes resultados claramente positivos, é com orgulho que verificamos que todos os utentes do Abrigo recomendariam os nossos serviços a familiares e amigos. Recebemos todas as sugestões de melhoria com atenção e recebemos todas as palavras gentis com satisfação. Queremos continuar a fazer melhor e contamos com a ajuda das pessoas de quem cuidamos. Não podia ser melhor! O nosso sincero agradecimento. Muito obrigada! 

2020 | O Abrigo - Centro de Solidariedade Social de São João de Ver
Todos os direitos reservados. | Política de privacidade
Livro de reclamações online