Tempo de Preparação: 1 ano
Pronto em: 55 Minutos
Dificuldade: Difícil

II - Sachar

A informação era fidedigna e é um facto que as sementes pegaram. 

Já passou mais ou menos um mês desde que semeamos e, felizmente o tempo deixou-nos sair para ir sachar o milho. Sachar é um trabalho duro mas, é fundamental para que as culturas cresçam sem serem impedidas pelas ervas. Este é o tempo de arrendar e mondar para o milho crescer à vontade, alargar e poder engrossar. Nas famosas sachadas todos se ajudavam, os vizinhos e os amigos faziam trocas, hoje iam sachar o campo de um, noutro dia o campo do outro e assim sucessivamente, o espírito de interajuda era um valor enraizado nas comunidades. Felizmente, o espírito de interajuda não morreu. Graças a uma ajuda preciosa, conseguimos fazer os regos para a água correr e assim regar o milho, essencial nesta época do ano.

Mais notícias em breve!

ECCO

No centro de dia do Abrigo procuramos valorizar a experiência e conhecimento de vida das pessoas e, ao mesmo tempo, proporcionar-lhes novas aprendizagens e novos conhecimentos. Porque o trabalho é uma forma de construção da identidade e de reconhecimento social muito significativa, mesmo quando a idade nos permite deixar de trabalhar, temos vindo a recolher testemunhos dos utentes sobre as suas experiências profissionais. É muito interessante perceber que a curiosidade não tem idade. Foram os próprios a manifestar interesse e a propor a visita aos seus antigos locais de trabalho. De facto, as memórias que os nossos idosos têm da sua atividade profissional, do quanto o processo produtivo era diferente do que é hoje, fazem parte da história das empresas da nossa comunidade.

Estamos muito contentes com o carinho e acolhimento do tecido empresarial que valoriza o nosso projeto, ao receber os nossos utentes num regresso para voltar a ver de perto o seu mundo do trabalho, ao fim de mais de 20 anos. Para saber mais sobre a ECCO, clique aqui.

Tempo de Preparação: 1 ano
Pronto em 55 Minutos
Dificuldade: Difícil

Preparação

Para fazer um pão de milho caseiro a sério é necessário começar pelo príncipio.

Logo em Janeiro foi necessário encontrar um bocadinho de terra para cultivar o milho. Foi necessário aplicar as melhores técnicas de persuasão e reservar logo à partida um pão de milho como moeda de troca. Ultrapassada esta etapa, em Fevereiro, a terra foi preparada e as sementes compradas.

I - Semear

Tradicionalmente, o milho é semeado nos meses de Março, Abril ou Maio. Nós semeamos em Abril. Antigamente, as sementes eram lançadas à mão para a terra. Entretanto, surgiu o semeador e os sachadores que vieram ajudar a fazer este trabalho com menos esforço e demora. Nós utilizámos um semeador que nos foi gentilmente cedido. Além do milho, aproveitamos e também semeamos feijão, isto porque o semeador permite colocar dois tipos de diferentes sementes. À medida que o semeador passa na terra, vai marcando a linha lateral onde o semeador deve iniciar o percurso seguinte. É assim que se garante a distância entre carreiras de milho e a beleza da geometria dos campos de cultivo. Quem inventou o semeador fez um trabalho brilhante!

Podemos dizer que semear manualmente é um trabalho árduo. Esperemos que dê mais sabor ao nosso pão. Ainda temos muito a fazer, tal como a natureza que não se apressa. Já temos a informação de que as sementes pegaram.

Em breve teremos trabalho para mostrar e novidades para contar.

um dia no centro de dia

No dia 7 de Fevereiro, das 10h às 12h, esperamos visitas especiais: idosos da comunidade de São João de Ver que queiram conhecer o nosso centro de dia.

Porquê? Porque achamos que as pessoas continuam com dúvidas sobre como é estar no centro de dia.

Podemos garantir que, no centro de dia do Abrigo as pessoas encontram os seus amigos, estão em boa companhia e o tempo é ocupado conforme a vontade de cada um:

a conversar,
a ler o jornal,
a jogar bingo com um, dois, três, ou até seis cartões...
a jogar dominó ou sueca...
a cantar e a dançar,
a fazer trabalhos de costura,
a esticar as pernas ou a fazer caminhadas,
a passear... 

Fica aqui o nosso convite: venha conhecer o nosso centro de dia! Quem já experimentou... gosta! 

o dia mundial dos avós

diadosavos1

O dia dos avós é comemorado em todo o mundo e tem como finalidade celebrar aqueles que um dia contribuiram com mais vida para a história da humanidade.

No Abrigo, convidámos os netos para estarem um pouco com os seus avós e connosco. Para animar a tarde os avós e netos participaram em diversos jogos tradicionais e cantaram com alegria e entusiasmo. Como não podia deixar de ser, para retemperar as energias, partilhamos um lanche em ameno convívio e boa disposição./p>

Uma tarde divertida para celebrar e valorizar momentos simples da vida. Em família.

2018 | O Abrigo - Centro de Solidariedade Social de São João de Ver
Todos os direitos reservados. | Política de privacidade
Livro de reclamações online