fepsa

era a frase mais ouvida na passada manhã de terça-feira, a propósito da visita à FEPSA – Feltros Portugueses, SA.

Inserida no percurso do Turismo Industrial de São João da Madeira, esta fábrica acolheu a visita de um grupo de residentes do Porto de Abrigo, que tiveram assim a oportunidade de acompanhar por uns momentos o trabalho que ali é diariamente desenvolvido e ficar a conhecer o modo de produção de feltro para chapéus.

Equipados a rigor, os residentes vestiram o papel de técnicos por um dia e entraram num ambiente muito particular. Viram de perto a máquina que dá origem ao feltro e sentiram com as próprias mãos a evolução do material à medida que a produção avança.

No final da visita puderam experimentar alguns exemplares de chapéus produzidos com os feltros da FEPSA, que exporta mundialmente. E como a manhã abriu o apetite nada melhor do que almoçar na cidade. O centro comercial 8ª Avenida foi o local escolhido para repor energia e comentar sobre “as coisas que nunca contava de ir ver”.

fepsa1

Foi um dia animado que deixa boas memórias, porque nunca é tarde para aprender. Um agradecimento especial à equipa do Turismo Industrial de São João da Madeira e à nossa guia, pela atenção e carinho com que acompanhou e orientou o grupo.

o dia mundial dos avós

diadosavos1

O dia dos avós é comemorado em todo o mundo e tem como finalidade celebrar aqueles que um dia contribuiram com mais vida para a história da humanidade.

No Abrigo, convidámos os netos para estarem um pouco com os seus avós e connosco. Para animar a tarde os avós e netos participaram em diversos jogos tradicionais e cantaram com alegria e entusiasmo. Como não podia deixar de ser, para retemperar as energias, partilhamos um lanche em ameno convívio e boa disposição./p>

Uma tarde divertida para celebrar e valorizar momentos simples da vida. Em família.

mosaico

O Mosaico Social é uma iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Santa Maria da Feira que promove o intercâmbio de experiências e metodologias de trabalho entre as diversas instituições e convida à reflexão sobre o contributo das organizações da economia social na definição de políticas de desenvolvimento local e social.

Em 2013, Santa Maria da Feira afirma-se como um espaço de Encontros!

Encontros entre o local e o global, através da realização conjunta da terceira edição do Mosaico Social com a nona edição da MANIFesta - Assembleia, Feira e Festa do Desenvolvimento Local e da Economia Social, uma iniciativa da Animar - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local.

O III Mosaico Social & IX MANIFestafoi uma experência emocionante para o Abrigo. Permitiu-nos apresentar o nosso trabalho no espaço infantil com a história da camisola e partilhar a nossa experiência do projeto Felizidade nas comunicações livres.

Além do esforço que o calor acentuou, vivemos uma noite de emoção na Gala Prémio Concelho Solidário.

Nesta gala são homenageadas as entidades e instituições que, pela sua atuação, inovação e boas práticas contribuem para a promoção da coesão e desenvolvimento social do concelho.

O Abrigo esteve nomeado na categoria "infância e juventude" e na categoria "população idosa".

Pelo trabalho que o Abrigo desenvolve na área da população idosa, recebemos o prémio concelho solidário 2013.

A atribuição destes prémios depende da nomeação das instituições que compõem a rede social. A todos os que reconhecem o nosso trabalho e nos distinguiram com a sua votação... o nosso sentido obrigada!

A todas as outras instituições premiadas, os nossos sinceros parabéns!

e se de repente

acontece uma situação inesperada? e se de repente um momento qualquer do nosso dia se transforma numa emergência?

Diariamente entram no Abrigo mais de uma centena de pessoas. Diariamente há pessoas que vivem cá em casa. E, normalmente tudo corre bem.

O sentido de prevenção leva-nos, tal como a legislação, a estar preparados para acontecimentos inesperados que possam colocar a nossa segurança em risco. E por isso, estivemos a treinar e a aprender o que devemos fazer se alguma coisa não correr bem.

Quando eramos uma instituição mais pequena sentíamos que era mais fácil. Agora, para que todos saibam o que fazer, o esforço é enorme para que os procedimentos de segurança sejam do conhecimento de todos.

E assim têm sido os últimos dias...  a pensar no simulacro geral de emergência. 

no reino da fantasia

  • O Abrigo
  • creche

“Alice era uma menina terrivelmente sonhadora (…) sabia muito bem que o seu mundo era diferente do dos adultos. De resto, era muito mais interessante: para ela, os animais falavam, os grandes tornavam-se pequenos, os pequenos muito grandes… Em resumo, era um mundo ao contrário!” (Alice no País das maravilhas, Walt Disney)

O dia começou já com grande animação: balões, bolinhas de sabão, contato com o exterior, risos, corridas… e muita expetativa.

Todos se prepararam para o chá de “desaniversário” protagonizado pelo adorável Chapeleiro Louco e o seu inseparável “Ratinho do Bule”. Não faltaram os sorridentes gêmeos Dim Dim e Dum Dum, o Gato Sabichão, a Rainha de Copas e as suas submissas cartas, o Rei Juiz, a Rainha Branca, o apressado Senhor Coelho Branco e, como não podia deixar de ser, a pequena Alice. À festa, acorreram também convidados muito especiais: bebés, aspirantes a cartas, muitos coelhinhos, múltiplos gêmeos e várias avós.

Muitas brincadeiras surgiram por entre as casinhas do jardim, houve corrida atrás do Coelho Branco, degustação de chá - em chávenas personalizadas -, petiscos à altura do evento, guloseimas, oferta de bonecos de trapo (amavelmente elaboradas pelos utentes do Porto de Abrigo).

Este ano a comemoração do Dia Mundial da Criança transformou o Abrigo no mundo da fantasia... um excelente pretexto para despertar a criança que há em nós... todos têm o direito de acreditar nos seus sonhos.
2020 | O Abrigo - Centro de Solidariedade Social de São João de Ver
Todos os direitos reservados. | Política de privacidade
Livro de reclamações online